Própolis é usada contra gordura no fígado

Própolis é usada contra gordura no fígado

30/07/2020

O acúmulo de gordura no fígado, tecnicamente conhecido como Esteatose hepática, acontece quando as células do fígado são infiltradas por células de gordura. É normal haver presença de gordura no fígado, no entanto quando este índice chega a 5% ou mais o quadro deve ser tratado o mais brevemente possível. 

A doença pode ser ocasionada de duas formas:

Alcoólicas: causadas pelo consumo excessivo de álcool (regular ou esporádico)
Não alcoólicas: provocadas por hábitos e estilos de vida inadequados, situações como obesidade, sedentarismo, diabetes, má alimentação, pressão alta, colesterol alto, uso de medicamentos (corticoides, estrógeno e outros), ou por inflamações crônicas
 
Esse acúmulo de gordura, se não tratado corretamente para eliminação, a Esteatose hepática pode se agravar e, a médio e longo prazo, causar inflamações capazes de provocar quadros mais graves de hepatite gordurosa, cirrose hepática e até câncer no fígado.

Quais os sintomas da Esteatose hepática?

Este é um dos principais agravantes da doença, em estágio inicial não apresenta sintomas, começando a demonstrar alguns sinais apenas quando já se encontra em estágio avançado. Tornando mais difícil o tratamento e recuperação.
Dor no abdômen
Cansaço
Perda de apetite
Aumento do fígado
Barriga inchada
Dor de cabeça constante

O diagnóstico deve ser feito por um profissional especializado por meio de exames específicos.

A Própolis como tratamento do fígado

Além do tratamento convencional com remédios, sempre acompanhado de um médico, é preciso mudar os hábitos de vida e principalmente mudar a alimentação. Nessa nova fase, uma boa opção é incluir a própolis na dieta.
Isso porque a própolis contém bioflavonoides - substâncias que promovem a melhora da função do fígado - que ajudam a desintoxicar o organismo e proteger os tecidos do órgão da ação dos radicais livres, explica a nutricionista Solange Hypolito, da rede Dr Consulta. 
Segundo a nutricionista funcional e coach Karelin Cavallari, a função anti-inflamatória e antioxidante da própolis diminui os danos causados no fígado pelo uso frequente de álcool.1
Fora a Própolis, outros alimentos também auxiliam no controle da desintoxicação do fígado e são importantes estarem presentes em no cotidiano para haver equilíbrio em nosso organismo. São eles: abacaxi, maçã, gengibre, escarola, rabanete, frutas vermelhas em geral e azeite.

Conheça nossa linha de extratos clicando aqui e escolha o seu.

 

 

Fontes:
www.vix.com/pt/saude/544613/propolis-e-antibiotico-anti-inflamatorio-faz-bem-para-o-figado-e-mais-como-consumir
www.saude.gov.br/saude-de-a-z/esteatose-hepatica
www.hepato.com/2018/06/25/los-20-mejores-alimentos-para-el-higado/
www.marcioatalla.com.br/vida-e-saude/vitima-e-combate-gordura-no-figado/

Notícias relacionadas

Outras notícias

35