Você conhece o verdadeiro molho shoyu?

Você conhece o verdadeiro molho shoyu?

19/05/2020

O shoyu, ou molho de soja, é um dos condimentos mais antigos e conhecido do mundo. Tradicionalmente na culinária japonesa o shoyu é muito presente, usado como tempero e parte da preparação de diversos pratos. Aqui no ocidente, embora não faça parte da tradição, conquistou o paladar de muita gente, sendo muito utilizado como tempero de saladas, por exemplo.

Shoyu Artificial

Segundo pesquisa de cientistas da USP, em um estudo divulgado na Revista Fapesp, infelizmente, no Brasil, a maior parte do shoyu produzido no Brasil são feitos com milho. No estudo, a bióloga Maristela Morais diz que o “molho de soja” feito no Brasil, não pode ser considerado shoyu de verdade, já que são produzidos a base de milho e somados a ingredientes como glutamato monossódico, sorbato de potássio, benzoato de sódio, corantes caramelo, xarope de glicose, antiespumante, acidulantes, sacarina sódica, aromatizantes, ácido láctico, inosinato dissódico, entre outros, que não oferecem valor nutricional à dieta.

Shoyu Verdadeiro

Já o tradicional condimento milenar, não é apenas sabor, ele é um dos condimentos mais benéficos para nosso organismo, pois contém grande variedade de nutrientes, como proteínas, fibras, aminoácidos essenciais e lecitina. Seu aporte de nutrientes proporciona uma vida mais saudável, comprovada cientificamente. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Nacional de Singapura, o molho de soja possui alto potencial antioxidante e, portanto, é recomendado seu uso, no mínimo, duas ou três vezes por semana.
Porém, esses benefícios só são encontrados quando o molho é produzido seguindo a forma tradicional japonesa, por fermentação natural, basicamente feito de soja fermentada em salmoura. O preparo começa com a seleção e cozimento dos grãos de soja e trigo. Dessa mistura, somada a uma pequena quantidade da bactéria Aspergillus, resulta no koji. O koji é mantido por três dias, depois combinado com sal e água, transformado em moromi. Sendo a última etapa, em que a solução é fermentada por no mínimo seis meses. Depois, é pasteurizada, filtrada e embalada. Alguns shoyus chegam a ficar anos engarrafados, criando um sabor único e delicioso.

O Shoyu MN Própolis

A fermentação natural é o processo utilizado na MN Própolis, que no nosso caso é feita por 1 ano, permitindo uma extração máxima do aroma e sabor dos ingredientes orgânicos de alta qualidade. Um diferencial visivelmente notável é dado pelo fato de nossa produção não utilizar corantes, sendo assim, podemos notar a cor natural do verdadeiro shoyu, resultado de todo processo lento e delicado de produção, apresentado em tons bem mais leves do que os shoyus que levam corantes artificiais em sua produção.
Nossa linha é composta do Shoyu Tradicional, Shoyu Light com 40% menos sódio e o Shoyu Suave, com um toque de Mel Orgânico que equilibra o salgado e destaca o sabor dos alimentos. Para conhecer nossa linha de Molhos Shoyu Orgânico clique aqui

 

 

Fontes:

https://aditivosingredientes.com.br/artigos/artigos-editoriais-geral/shoyu-da-origem-a-industrializacao
https://revistapesquisa.fapesp.br/2018/04/24/shoyu-produzido-no-brasil-e-feito-a-base-de-milho/
https://www.vix.com/pt/bdm/corpo/9-verdades-sobre-a-tapioca-que-voce-precisa-saber-antes-de-inclui-la-na-dieta
https://coisasdojapao.com/2017/06/magia-do-shoyu-conheca-os-diferentes-tipos-e-saiba-escolher/
https://www.mnpropolis.com.br/produtos/molhos-e-temperos-organicos

Notícias relacionadas

Outras notícias

4