Coronavírus, a pandemia mobiliza o Mundo

Coronavírus, a pandemia mobiliza o Mundo

19/03/2020

Coronavírus, a pandemia mobiliza o Mundo

O novo coronavírus tem sido o principal tema abordado em todo lugar, na tv, nos jornais, rádio, blogs, redes sociais, etc. E tanta preocupação não é à toa, vírus se espalhou rapidamente, se tornou uma pandemia e já causou a morte de mais de 200 mil pessoas pelo Mundo, inclusive no Brasil.

O número de infectados vem aumentando e governantes reagem de maneiras diferentes à crise, enquanto em países como Espanha, França e Itália (epicentro da doença), decretaram quarentena para a população, fechando escolas, universidades, comércios e mantendo a população em casa1, aqui no Brasil o assunto ainda gera polêmica.

Embora há a recomendação da OMS e de médicos especialistas, para que a população fique em suas casas para evitar maior propagação do vírus, a realidade não é bem essa. Algumas cidades fecharam suas escolas, universidades, cancelaram eventos esportivos, comemorativos, etc. Diversas empresas liberaram seus funcionários para trabalho home office também. Essas são medidas preventivas, chamadas de distanciamento social, em que se busca reduzir a circulação de pessoas pelas cidades e prevenir o contato entre quem está saudável com quem já está infectado, explica Eduardo Carmo, pesquisador do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Brasília, ao site da BBC.

Eduardo também explica que no Brasil ainda não foi decretado medida de quarentena, em que há restrição dos movimentos da população e o direito de ir e vir. Mas isso pode vir acontecer caso a situação se agrave, tudo depende da velocidade de transmissão que o vírus vai ter por aqui nos próximos dias. Se for o caso, deve decretada por meio de um "ato administrativo formal", editado pelos secretários municipal ou estadual de Saúde, o ministro da Saúde ou por prefeitos, governadores ou presidente da República.2

Podemos evitar que a situação chegue nesse estágio com medidas simples de prevenção, a principal delas é lavar as mãos várias vezes ao dia, com água e sabão e evitar o contato com outras pessoas sempre que possível. Quem tiver a possibilidade de se manter em casa, assim deve fazer. Dessa forma se evita a contaminação e a disseminação do vírus.

Segundo a pneumologista, professora e pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Margareth Dalcomo, “Vai depender do coletivo a interceptação dessa transmissão.” Margareth ainda ressalta que falta conscientização da população brasileira, que continua lotar praias, shoppings, festas. Empresas que não puderem trabalhar com home office, podem adotar flexibilização de horários, já que no transporte público as chances de contaminação são altas, principalmente em horários de pico.3

Para quem não pode ficar em casa, a recomendação básica é que tenha sempre em mãos o álcool gel 70%, e assim deparamos com outro problema, na maioria das cidades a população não está encontrando o produto e quando encontra, os preços são abusivos, há locais que os preços chegaram a dobrar.4

Ao tossir ou espirrar não proteja com as mãos, utilize de preferência lenços de papel que por serem descartáveis serão jogados fora logo em seguida. Se não for possível proteja com o braço, região do cotovelo, por exemplo, assim será mais difícil o contato com outras superfícies. Não use em conjunto utensílios pessoais como copos, talheres, toalhas, etc. Sempre que puder evite contato com superfícies como corrimão de escadas, maçanetas, catracas. Evite também abraços, beijos e apertos de mãos.5

Outra medida importante é fortalecer seu sistema imunológico, isso pode ser feito através de uma boa alimentação, com proteínas e vitaminas. Alimentos ricos em antioxidantes e probióticos também são um diferencial. Dormindo bem, expondo-se ao Sol no mínimo 10 minutos por dia para manter os níveis de Vitamina D, controlando seu estresse, se exercitando mesmo que em casa para evitar aglomerações em academias e parques e mantendo o corpo bem hidratado.6

Lembramos que a Própolis Verde também é uma ótima aliada. Como contém altos níveis de antioxidantes, Artepilin-C e flavonoides - compostos bioativos que atuam diretamente no reforço do sistema imunológico7 - a própolis verde pode usada diariamente em gotas ou em cápsulas, ambas apresentam a mesma eficácia. Nossa linha de Extratos de Própolis apresenta diferentes concentrações de própolis, temos também opção de extrato sem álcool e também de extrato orgânico.

Estamos passando por um momento delicado que exige esforços e união de toda a população, somente nós mesmo podemos nos proteger e junto proteger as pessoas que amamos.

 

 

1 https://istoe.com.br/numero-de-mortes-da-pandemia-de-coronavirus-supera-5-000-no-mundo/

2 https://www.bbc.com/portuguese/brasil-51883270

3 https://www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2020/03/coronavirus-interceptar-a-transmissao-depende-do-coletivo-diz-medica-da-fiocruz/

4 https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2020/03/14/coronavirus-preco-do-alcool-em-gel-chega-a-dobrar-em-algumas-lojas-e-procon-reforca-fiscalizacao.ghtml

5 https://saude.abril.com.br/medicina/coronavirus-ministerio-da-saude-anuncia-novas-medidas-de-contencao/

6 https://jc.ne10.uol.com.br/colunas/vida-fit/2020/03/5602140-coronavirus--nutricionista-explica-como-melhorar-a-imunidade.html

7 https://saude.abril.com.br/alimentacao/o-que-e-propolis-beneficios/

Artigos Relacionados

Outros artigos

1