Apiterapia, já ouviu falar?

Apiterapia, já ouviu falar?

17/12/2019

Apiterapia, já ouviu falar?

Há pouco mais de um ano, o SUS (Sistema Único de Saúde) incluiu a Apiterapia como uma das Práticas Interativas Complementares em Saúde (PICS) disponíveis para auxílio em tratamento de diversas doenças.[1] Ainda pouco conhecida, a prática utiliza produtos derivados da abelha para fins terapêuticos. Com o intuito de divulgar a Apiterapia, a Fundação Oswaldo Cruz (instituição de pesquisa e desenvolvimento em ciências biológicas), publicou em seu canal online um programa dedicado ao tema. O entrevistado, o Apiterapeuta e Apicultor José Luiz Vazquez, comenta sobre relatos do uso dos produtos das abelhas como forma de tratamento na medicina indiana em cerca de 6.000 anos atrás, sendo assim um tipo de medicina alternativa das mais antigas na história da humanidade.[2]

Fala-se muito nas propriedades e benefícios do Mel, Própolis, Geleia Real e do Pólen, mas pouco conhecemos sobre o uso da Apitoxina, o veneno das abelhas. E esse é o produto que desperta mais curiosidade quando as pessoas conhecem a Apiterapia.

O apiterapeuta é responsável pela mistura de vários produtos, exploração sinérgica deles, atendimento e indicação ao paciente. O apicultor é quem fornece os produtos para o laboratório para controle de qualidade e de lá, eles entram para a farmácias de manipulação e são transformados em medicamentos finais.

É por tudo isso que a responsabilidade do apiterapeuta é muito grande. Ele, por meio da Apiterapia, nobremente ajuda as pessoas a terem uma vida mais saudável e equilibrada.

Confira os benefícios de alguns produtos das abelhas, segundo o portal Nutrição Prática, do G1. [3]

Mel

Adoçante natural, com propriedade antioxidante e composto, em sua maior parte, por água e carboidratos, principalmente glicose e frutose, além de várias vitaminas (A, B1, B2, B3, B5, B6, C e Biotina), minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio e outros) e flavonoides.

Devido a sua composição apresenta inúmeros efeitos terapêuticos, usado especialmente para resistência contra o cansaço físico, mental e intelectual, além de desnutrição, imunidade, obstipação, anemia entre outros.

 

Própolis

Apresenta ação antibiótica, anti-inflamatória, antiviral, antibactericida. Estimulante do sistema imunológico, a própolis vai além de proteger contra gripes e dor de garganta, auxilia também no equilíbrio da microbiota intestinal, controle do colesterol e redução da gordura corporal.

 

Pólen Apícola

Rico em vitaminas, nutrientes e aminoácidos essenciais. O pólen nas flores, tem como papel principal fecundar os óvulos, gerando novas frutas e sementes e devido ao seu potencial energético e nós podemos usufruir desta excelente fonte de energia para auxiliar a combater o estresse e a fadiga.
 

Geleia Real

Contém hormônios, vitaminas, lipídeos, aminoácidos, enzimas e outros componentes que contribuem para a regeneração celular e manutenção de uma colônia saudável e para o homem fortalece o organismo, auxiliando no combate ao estresse, fadiga, distúrbios de crescimento, de comportamento e outros.

 

Apitoxina (Veneno)

O tratamento com apitoxina, é realizado por um apiterapeuta, com abelhas vivas, que picam propositadamente a pessoa, de forma controlada e como na acupuntura, em pontos específicos. Assim, liberando o veneno de forma a obter efeitos analgésicos, anti-inflamatórios, estimulantes do sistema imunológico, entre outros.

Ainda segundo o Apiterapeuta José Luiz, é muito indicada para o tratamento reumatismo, gota e artrite reumatóide.

É de extrema importância que o procedimento seja sempre recomendado e realizado por um especialista e ressaltamos que a Apiterapia é um método de tratamento natural alternativo que não possui comprovação científica, portanto não deve substituir o tratamento convencional com o uso de medicamentos com eficácia comprovada.

Conheça mais sobre os extratos de própolis da MN Própolis clicando aqui!

Fonte: [1]www.saude.gov.br [2]www.canalsaude.fiocruz.br [3]www.g1.globo.com

Artigos Relacionados

Outros artigos

1