Shoyu é feito de que? Saiba tudo sobre este molho!

Shoyu é feito de que? Saiba tudo sobre este molho!

19/11/2020

Shoyu é feito de que? Saiba tudo sobre este molho!

O Shoyu, ou molho de soja, é um dos condimentos mais conhecidos e antigos do mundo. Suas origens datam de 2.500 anos a.C., porém, nesta época a receita era um pouco diferente. Uma pasta sólida de origem Chinesa, que apenas no século XV, no Japão, deu origem a dois produtos: o líquido Shoyu e outra pasta sólida, chamada Missô.

O Shoyu é produzido basicamente por quatro ingredientes: soja, trigo, água e sal. A soja é lavada e cozida, unida ao trigo torrado e colocada em salmoura, então é feita a introdução do microrganismo Aspergillus oryzae, responsável por uma mistura chamada koji – fungo natural que inicia o processo de fermentação. O koji é combinado com sal, água, chegando na fase “mosto”. Essa solução deve ser fermentada por no mínimo seis meses. Alguns shoyus chegam a ficar anos no processo de fermentação, deixando um sabor sem igual.

Ao final do século XVI, o molho shoyu já tinha conquistado o paladar e ganhou espaço no mercado, assim o condimento passou a ser produzido em larga escala. Desta forma, para atender a escala de produção, as grandes indústrias não queriam esperar o tempo de fermentação e para acelerar o processo, a fórmula foi diversas vezes modificada.

 

Hoje em dia, o shoyu é feito de que?

O molho oriental já pode fazer parte da sua rotina, mas você sabe como ele é produzido e o mais importante: atualmente, a maior parte dos molhos shoyu é feito de que? O molho shoyu continua a ser feito com grãos de soja, porém na maioria das marcas é combinado com grãos de trigo, milho ou feijão (que suavizam o sabor e conferiam paladar levemente adocicado), água e sal. Assim, os demais grãos acabam interferindo diretamente na qualidade do produto final. Além disso, para atingir a cor, sabor e aroma do tradicional molho shoyu, é acrescentado corantes, aromatizantes, glutamato monossódico e claro, conservantes. Logo, todos esses ingredientes não são necessários à saúde.

 

O Shoyu Orgânico MN Própolis

Nossa linha de Shoyu Orgânico é toda produzida com os ingredientes orgânicos de alta qualidade e certificação, garantindo assim a segurança e um produto de qualidade.

Além disso, a produção exclusiva segue a tradição milenar japonesa e o principal segredo, consiste no tempo de fermentação: que no caso da MN Própolis é de 12 meses. Ou seja, essa fase do processo de produção dura 1 ano e promove um sabor intenso, textura mais encorpada e coloração diferenciada. É semelhante aos melhores Shoyus produzidos no Japão, com ingredientes 100% orgânicos, sem transgênicos, corantes, aromatizantes, realçador de sabor, açúcar ou conservantes químicos

 

A linha de molho Shoyu Orgânico MN Própolis apresenta 3 tipos, sendo:

Tradicional - Feito com apenas 4 ingredientes: soja orgânica, trigo orgânico, sal e água, possui um sabor bem diferenciado dos demais shoyus do mercado brasileiro, sendo considerado um pouco “mais forte”, tem sabor intenso, é mais encorpado e agrada muito o paladar oriental.

Suave - É adocicado naturalmente com Mel Orgânico MN Própolis, para equilibrar o tradicional sabor salgado do shoyu, sendo mais leve, suave e bem agradável ao paladar brasileiro.

Light - Ideal para quem precisa evitar ou reduzir o consumo de sódio, pois sua composição oferece 40% menos sódio, se comparado ao tradicional.

 

Como utilizar Molho Shoyu?

Agora você já sabe o que é shoyu, como é produzido e sua composição. Se ainda não utiliza em seu dia a dia, pode incluir facilmente como tempero e molho para finalizar diversos pratos.

A combinação com a culinária oriental é a mais clássica, no entanto, o molho shoyu também é uma opção saborosa para tempero de saladas e fica ainda mais gostoso se combinar com demais temperos como limão e azeite, embora não haja necessidade.

Além disso, pode dar um toque diferenciado em pratos simples como legumes grelhados e até mesmo como tempero para carnes vermelhas, frango e peixes.

 

Benefícios do Shoyu para Saúde

Talvez, além de querer saber sobre o shoyu ser feito de que, você também já tenha se questionado em que ele pode ser bom para saúde, já que é popularmente conhecido por ser rico em sódio, o que pode ser perigoso ao organismo.

Realmente o molho shoyu deve ser usado com moderação, principalmente por pessoas com hipertensão. No entanto, se utilizado sem exageros, pode promover benefícios importantes ao corpo humano.

Segundo os nutricionistas, o molho shoyu, por ser um derivado da soja, possui os mesmos benefícios do grão, rico em proteínas, ferro, cálcio e vitaminas, principalmente as do complexo B, conhecidas como “vitaminas da disposição”, devido aos seus efeitos benéficos sobre o sistema nervoso e disposição mental.

Ademais, podemos considerar que a soja e seus derivados apresentam ação antioxidante e atuam na preservação das células, postergando seu envelhecimento e evitando algumas doenças.

Devemos considerar ainda que, as bactérias responsáveis pelo processo de fermentação, são também benéficas ao intestino e a preservação e equilíbrio da flora intestinal, auxiliando num bom funcionamento com a proliferação das bactérias “do bem”.

 

Toda linha de Shoyu Orgânico MN Própolis possui a garantia de produtos certificados e auditados como orgânicos e são produzidos de acordo com o protocolo de boas práticas de produção. Sempre com respeito e cuidado ao meio ambiente, promovem à saúde e o bem-estar com garantia de qualidade e confiança de quase 30 anos de história.

 

Conheça nossos Molhos Shoyu Orgânicos na Loja Virtual MN Própolis e adquira já o seu!

 

Fontes:

https://aditivosingredientes.com.br/artigos/todos/shoyu-da-origem-a-industrializacao

https://cozinhatecnica.com/2018/04/shoyu-molho-de-soja-temperos/

hhps://coisasdojapao.com/2017/06/magia-do-shoyu-conheca-os-diferentes-tipos-e-saiba-escolher/

https://cozinhatecnica.com/2018/04/shoyu-molho-de-soja-temperos/

https://revistacasaejardim.globo.com/Curiosidades/noticia/2019/05/saiba-o-que-e-glutamato-monossodicoe-

os-efeitos-que-substancia-pode-causar-no-organismo.html

https://www.dicasdemulher.com.br/shoyu/

https://www.greenme.com.br/alimentarse/alimentacao/6997-shoyu-como-usar-faz-mal/

 

Artigos Relacionados

Outros artigos

2